7 brincadeiras que todo mundo fez na adolescência

Já no fim da infância e início da puberdade as crianças/adolescentes começam a se descobrir e uma das formas é a partir das brincadeiras com os amigos, apesar da malícia não existe maldade nessas brincadeiras, normalmente é apenas um forma de descobrir coisas novas.

1- Salada Mista

Pera, Uva, Maçã ou Salada Mista. Nesta brincadeira um dos participantes tinham os olhos vendados, e um grupo de pessoas faziam uma fila. Existiam alguns truques para a pessoa conseguir beijar quem queria. Alguns apertavam os olhos da pessoa quando chegava aquela gatinha ou gatinho.

2- Verdade ou consequência

Um jogo comum entre os adolescentes. Nele você poderia saber a verdade, se a pessoa gostava de você, se já tinha beijado alguém da roda e coisas do tipo, mas o que todos queriam eram as consequências. Acredita-se que muitos adolescentes perderam o bv (boca virgem) neste jogo.

3- Gato mia

Esse jogo mistura o esconde-esconde com o pega-pega, mas com o “pegador” de olhos vendados (no escuro também funciona). A malicia no jogo consiste em o “pegador” aproveitar o escuro e apalpar as pessoas e usar a desculpa de que não está vendo nada. O único risco é que às vezes a pessoa que o pegador apalpava não era do interesse dele.

4- Duro ou mole

O nome da brincadeira é mais malicioso do que a própria brincadeira. O jogo consiste em um “pegador” correr atrás dos adversários e ao tocá-lo ele diz, duro, deixando a pessoa paralisada que só voltará ao jogo se alguém tocá-lo e dizer a palavra “mole”. É uma brincadeira inocente e bem simples, a malícia está apenas no nome, que é um tanto quanto sugestivo.

5- O mestre mandou

Um dos participantes é encarregado de “mandar” e ficar a frente dos outros jogadores. Ele dará as ordens e os outros participantes deverão seguir a risca. O mestre pode ordenar algumas coisas mais maliciosas. O jogo pode parecer inocente, mas se o mestre tiver uma mente maliciosa o jogo pode ir para uma outra vertente.

6- Médico

Essa brincadeira consiste em um médico e paciente. Em muitos casos não existe malícia nessa simples brincadeira, mas algumas pessoas aproveitavam o “cargo” de médico para apalpar os pacientes. Geralmente as crianças ainda estão se descobrindo, então é comum elas fazerem esse tipo de brincadeira.

7- Dança das cadeiras

Pode parecer bem inocente, mas também existe malícia na dança das cadeiras. A dança das cadeiras era um competição em que o vencedor era o que senta na última cadeira restante. E é na fase final da brincadeira que muitas coisas podem rolar. É possível se fazer de inocente e sem querer sentar no colo do adversário, ficando pertinho da pessoa que você tem interesse.

COMPARTILHAR
Luis Junior
Sou aquele garoto que amava os Beattles e os Rolling Stones.